quarta-feira, 30 de agosto de 2017

"QUERO LER": As palavras de Francisco (artigo de Arison Jardim)

Com o neto no colo, Francisco, nascido na floresta de Tarauacá, no Acre, aproximou-se do governador Tião Viana, que visitava sua cidade no último sábado, 26, querendo dizer algo. Parecia ansioso e tinha um brilho de felicidade no semblante que chamava atenção.

O governador parou e se iniciou a conversa sobre o programa Quero Ler. “Obrigado”, disse Francisco. “Já aprendeu a ler e escrever?”, perguntou Tião Viana.

Era exatamente o que aquele homem simples, profundo conhecedor da mata e da natureza queria dizer. Sim, ele já sabia escrever o nome e ler muitas coisas, um mundo novo estava sendo descoberto por ele.

Prontamente, respondeu: “Sou aluno do Quero Ler e estou muito feliz em estar estudando e aprendendo cada dia mais. Assino meu nome e já leio qualquer coisa, não sou mais o analfabeto de antes”.

Era fácil imaginar o que se passava na cabeça daquele homem. Ele segurava firme a criança como se estivesse carregando o futuro e se sentia orgulhoso de ajudar o neto em suas primeiras palavras.

Como ele, milhares de homens e mulheres que viviam sem saber ler e escrever vivem, agora, um tempo de mudanças, que fortalece a família e a autoestima. Principalmente, daqueles que por décadas se dedicaram ao corte da seringa desenvolvendo e preservando a Amazônia.

Reeleito em 2014, o governador Tião Viana anunciou durante uma entrevista para a Rede Pública de Comunicação que o novo desafio de seu governo era zerar o analfabetismo no Acre. Durante a campanha, enquanto percorria os municípios e comunidades, ele percebeu a necessidade desse desafio.

O Quero Ler é executado com um investimento de R$ 42 milhões do governo do Estado, com apoio do Banco Mundial. A meta é de, até 2018, reduzir de 16,5% para 4% (ou menos) o índice de pessoas que não conseguem ler e/ou escrever no Acre.

22 mil pessoas já passaram por esse caminho de salas de aula, livros, lápis e troca de experiências. Neste mês de setembro, mais de 15.500 começam a trilhar essa história. Com isso, o governo do Estado chega a mais um avanço na educação pública, que tem no governador um grande entusiasta.

Em sua gestão, criou o Centro de Estudos de Línguas (CEL), que já atendeu mais de 12 mil alunos, com o ensino de inglês, espanhol, francês e italiano. Foi criado também o Instituto de Matemática, Ciência e Filosofia, além de, recentemente, colocar em prática o Ensino em Tempo Integral em sete escolas públicas.

Sempre que menciona o programa, o governador fala em quitar uma dívida histórica com aqueles que ajudaram a construir este estado. O mesmo fez quando, ainda senador, criou a lei que indeniza pessoas vítimas da hanseníase em todo o Brasil, isoladas à força, que prontamente foi sancionada pelo presidente Lula.

Aqueles que não acompanham os resultados desses programas, por divergência políticas ou inocência, manifestam que são ações populistas para arrebanhar votos. Mas, quem enxerga um senhor, em Tarauacá, nervoso e ansioso ao agradecer por poder ler, escrever e ajudar seu neto, sabe que esse é o dever de um Estado que respeita sua história e seu futuro.

É dever de todos, argumenta o governador, parar para ouvir mais esses senhores e senhoras de idade avançada que estão em cada sala de aula para aprender a ler e escrever. Eles já viram muita coisa nesse Acre e no Brasil, e suas histórias merecem receber atenção e com o olhar despido do preconceito político.

O Brasil merece ouvir os Franciscos de Tarauacá, Feijó, Brasiléia e de todos os seringais. Aliás, ler suas palavras aprendidas com tanto esforço.

O Francisco da Silva, de 63 anos e morador de Tarauacá, foi muito expressivo ao afirmar: “Desejo, governador, que tenham muito mais programas para a pobreza. Para pessoas que não tem como pagar a faculdade e não tem como fazer o segundo grau”. Não é uma reivindicação justa?

Eu, como jornalista e testemunha dessa história, procuro difundir essa realidade para ajudar seu Francisco e o neto a serem reconhecidos como protagonistas da mudança.

Arison Jardim é jornalista da agência Notícias do Acre

terça-feira, 29 de agosto de 2017

ESTUDANTES DO INSTITUTO SÃO JOSÉ CONQUISTAM MEDALHA DE OURO NOS JOGOS ESCOLARES 2017.

Equipe campeã estadual 2017
A equipe de Handebol Feminino Infantil do Instituto São José de Tarauacá se sagraram campeãs da fase estadual dos jogos escolares 2017, realizada em Rio Branco no último final de semana. 

Garota vão para a fase nacional dos jogos
No próximo dia 12 de setembro as garotas vão para a cidade de Curitiba no Paraná, onde acontecerá a Fase Nacional da competição. 

Professora Ludiene Marques
A professora e treinadora Ludiene Marques se disse muito feliz com o desempenho das meninas e que vão para a fase nacional em busca de uma medalha.

ALUNOS DA ESCOLA FRANCISCO NAPOLEÃO SÃO MEDALHISTAS NA FASE ESTADUAL DOS JOGOS ESCOLARES.

Thiago Frota, 13 anos e Eliedson da Conceição, 14 Anos

Esses garotos aí da fotografia são Thiago Frota, 13 anos e Eliedson da Conceição, 14 Anos. Ambos estudam na Escola Estadual Francisco Napoleão de Araújo, localizada na Comunidade do Gregório BR 364 TK/CZS. Com garra, força de vontade e com ajuda da professora de Educação Física Mara Mattos, Coordenador de Ensino Domingos Paula de Souza, participaram pela primeira vez da fase Estadual dos Jogos Escolares e tiveram um excelente desempenho na modalidade atletismo. No último sábado, 26 de agosto, subiram no pódio na fase Estadual em Rio Branco-Acre. 

Tiago Frota  - medalha de prata no atletismo
No atletismo, Thiago se classificou em segundo lugar na corrida de 250 metros. "Viemos pra Tarauacá com nossa professora, sofremos preconceito de alunos de outras escolas, fomos chamados de colonheiros, mas estamos aqui pra provar que sabemos saltar e correr. A prova é que fomos para a fase Estadual representando Tarauacá e voltamos pra casa com a Medalha", disse o estudante

Eliedson Conceição ficou com a medalha de bronze no salto à distância
Eliedson, que conquistou a medalha de bronze no salto à distância, agradeceu pela oportunidade. "Fiquei muito feliz por termos conseguido e agradeço a Deus pela oportunidade, a nossa professora Mara e ao nosso coordenador Domingos por não terem desistido e nem desanimado com a gente", destacou.

De acordo com a professora Mara Mattos, valeu apenas o esforço de todos e todas para que esses momento pudesse acontecer. "O Domingos e eu sempre acreditamos no potencial deles. Estamos orgulhosos e emocionados com a vitória, pois eles fizeram bonito", explicou.

domingo, 27 de agosto de 2017

Governo promove cultura de paz em escolas de Tarauacá com segurança e tempo integral


Em Tarauacá, o governador Tião Viana entregou viatura para policiamento escolar e anunciou a primeira escola de tempo integral da cidade, a partir de 2018 em solenidade na escola João Ribeiro, na manhã deste sábado, 26, acompanhado também pela vice-governadora, Nazareth Araújo.

Estamos fazendo aqui um trabalho para um futuro de paz. Integrando educação e segurança, fazendo prevenção para nossos jovens e dando uma oportunidade de planejamento de vida com a escola integral”, afirmou o governador. Tião Viana lembrou também que “serão mil alunos construindo seu planejamento de vida com a educação integral”.

Tião Viana anunciou para 2018 início da educação integral em Tarauacá (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
A viatura será usada em ações preventivas e de proteção dos alunos, tanto em seu caminho para a escola quanto no ambiente de estudo. “Esses são os dois binômios para uma sociedade de paz, segurança e educação. Aqui em Tarauacá não temos nenhum caso de violência nas escolas”, afirmou Emylson Farias, secretário de Segurança.

O senador Jorge Viana lembrou do trabalho que o governo realiza há mais de 15 anos para desenvolvimento da educação no Acre. “Nós estamos vivendo mudanças para melhor na educação do Acre há muito tempo. Agora o governador Tião Viana trouxe a educação integral. Além de que em Tarauacá, está sendo montado um sistema de segurança para nossas crianças e jovens, isso é tomar atitude para uma cultura de paz”, disse.

A solenidade foi acompanhada também por parlamentares que apoiam tanto no âmbito estadual quanto federal, para fortalecimento da educação no Acre: os deputados federal César Messias, Raimundo Angelim e Léo de Brito e o estadual Daniel Zen.

“Aqui é um ambiente que o aluno tem segurança para estudar e viver em harmonia no convívio da escola”, disse Léo de Brito. Já Daniel Zen falou de como o governo do Estado “está ajudando a construir um futuro de paz e harmonia no Acre. A CIA Independente de Segurança Escolar é uma ferramenta para prevenir a violência”.

Educação fortalecida

O secretário de Educação, Marcos Brandão, lembrou que o sistema de ensino está sendo fortalecido com um conjunto de ações em todo o estado.

A viatura funcionará para prevenção na segurança da escola (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

“Preconizamos ter uma sociedade de paz, escolas de tempo integral, policiamento da segurança na escola, festival estudantil da canção, jogos escolares, depois vai ter corrida das escolas públicas. É um projeto sempre com o jovem no centro do processo, tendo sucesso em sua vida”, afirmou.

Fonte:Agência de Notícias do Acre

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

OS DESAFIOS DO ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO RURAL NAS TURMAS QUERO LER


O acompanhamento pedagógico é sem dúvida o método mais eficaz em qualquer metodologia de ensino. Ele possibilita um planejamento de qualidade e uma ação imediata no ensino aprendizagem, no entanto, é um desafio, principalmente quando se trata de turmas localizadas na zona rural em comunidades distantes.

O Coordenador do Programa Quero Ler, Francisco das Chagas Silva de Souza e o técnico Francisco de Assis Lima Ferreira, com apoio do Núcleo de Educação, realizaram durante 04 dias uma viagem na BR 364 sentido Tarauacá/Cruzeiro, nas comunidades: Acuraua, Gregório, Tauary e Alto Rio Tauary-Comunidade Ariramba, com o objetivo de acompanhar o desempenho das turmas dos professores Marciclei Costa Lima, Maria Alves dos Santos Souza, Francisca Elizângela Fernandes e Antonia Delcy dos Santos. 


A viagem foi realizada de moto e barco até as comunidades onde funcionam as turmas do Quero Ler. “Podemos dizer que os alunos estão frequentando, aprendendo e satisfeitos. O que nos deixa com a certeza de estarmos contribuindo com a formação para tirar as pessoas não alfabetizadas da escuridão das letras e dos números e ajudá-lo a entrar no mundo do letramento”, afirmou o coordenador. Mesmo diante de todos os desafios é gratificante chegar nas turmas e encontrar pessoas lendo e escrevendo pela primeira vez”, finalizou.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

NÚCLEO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO REALIZA MAIS UMA FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DE EJA


Nesta quarta feira, 16 de agosto de 2017, realizou-se mais uma Formação Continuada para EJA I, sobre orientação da Assessora Marina Machado. A ação aconteceu no Cedup com participação dos professores lotados nas turmas de EJA I das zonas rural e urbana.


Objetivos:

- Apresentar e vivenciar as sequências didáticas, para os 2º e 3º meses de atividades diárias de sala de aula, produzindo os materiais necessários para o trabalho pedagógico. 


- Avaliar as atividades da 1º sequência didática do ano de 2017;
 

- Apresentar a avaliação diagnóstica de saída dessa 1ª etapa de 2017, e utilização, com o intuito de verificar os conhecimentos dos alunos no final do processo de alfabetização, e demais módulos correspondentes ao final do Ensino Fundamental I. 

Por Marina Machado
Assessora/EJA

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Inscrições para o Encceja se encerram nesta sexta-feira


Terminam nesta sexta-feira, 18, as inscrições do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O teste será aplicado em todo o território nacional.

O exame é a prova que substituirá o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) na função de certificação para o ensino fundamental e médio. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do site: http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja. No ato da inscrição, o estudante deve informar o CPF e o número da cédula de identidade.

Podem se inscrever jovens e adultos residentes no Brasil ou no exterior que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos em idade própria e desejam obter a certificação.

Para a obtenção do certificado de ensino fundamental, os interessados precisam ter no mínimo 15 anos completos. Já para o ensino médio, a idade mínima é 18.

As provas serão realizadas em outubro, em todos os estados brasileiros. 

No Acre, os testes serão aplicados em quatro cidades: Brasileia, Rio Branco, Feijó e Cruzeiro do Sul.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Governo do Estado vai investir R$ 1 milhão no Bombeiro Mirim

SECOM/AC - “Hoje tenho noções de primeiros socorros e de como ser uma pessoa melhor, colaborando para o bem das outras pessoas”, disse, orgulhoso, Rodrigo Sousa, de 11 anos, durante sua formatura e de mais 162 adolescentes nesta terça-feira, 15, em Mâncio Lima.

A solenidade contou com a presença da vice-governadora Nazareth Araújo, que destacou o trabalho e os investimentos que o governo do Estado tem feito ao longo dos anos na prevenção e combate à violência. Na oportunidade, foi anunciado que o governo do Estado vai investir R$ 1 milhão no projeto Bombeiro Mirim. visando contemplar outros jovens acreanos.

“Participar de momentos como este é muito gratificante. Estas crianças estão sendo abraçadas por valores, conceitos e princípios que irão lhes permitir levar às comunidades onde residem a ideia de cultura de paz. O governo e suas famílias estão lhes dando a capacidade de visualizarem o futuro melhor dentro das regras da boa convivência e de amor ao próximo”, explicou Nazareth.

Criado como um instrumento social atuando com foco na promoção da qualidade de vida, prevenção da criminalidade e da violência, por meio de um conjunto estruturado de políticas públicas voltadas para a inclusão social, integração e mobilização comunitária, o projeto Bombeiro Mirim tem como eixo principal a defesa da vida, o respeito à cidadania e a garantia dos direitos fundamentais da criança e do adolescente.

“Nós, do Corpo de Bombeiros, estamos imensamente felizes, pois aqui sabemos que muitos pais vão ficar tranquilos por saberem que os filhos estão participando deste programa. Parabéns ao governo, pela decisão firme de alocar recurso para que este projeto aconteça”, disse o comandante do CBMAC, Roney Cunha.

Emylson Farias, secretário de Estado de Segurança Pública, aproveitou a oportunidade para enfatizar que o projeto funciona como uma extensão da escola em tempo integral. “Os jovens são atendidos no contraturno, o que é maravilhoso na guerra contra a violência”, observou.
Municípios contemplados

Hoje o projeto contempla as cidades de Tarauacá, Xapuri, Sena Madureira, Epitaciolândia, Feijó e Cruzeiro do Sul. Este ano, em todo o Acre, foram beneficiados mais de 1,5 mil jovens com idade entre 12 e 14 anos. O próximo passo será a implantação do projeto na Cidade do Povo, em Rio Branco. A expectativa é de que o número salte para 1,7 mil jovens atendidos.

O prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima, falou de sua alegria em ter solicitado a realização do projeto. “As famílias estão ganhando jovens mais conscientes, mais atuantes na busca por um mundo melhor. Ações como estas contribuem para a melhoria de vida da população de nossa cidade, proporcionando condições favoráveis que auxiliem na formação integral das crianças e adolescentes”, revelou.

domingo, 13 de agosto de 2017

MENSAGEM DO NÚCLEO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AOS PAIS DE TARAUACÁ

Professora Francisca Aragão Leite, Coordenadora do Núcleo Estadual de Educação

A Professora Francisca Aragão Leite, Coordenadora do Núcleo Estadual de Educação, em nome do Governo do Acre, vem a público manifestar desejos de felicidades aos pais de Tarauacá, especialmente aos servidores da educação, pela passagem de seu dia, neste domingo. 

Pai é muito mais que um ato de colocar os filhos no mundo, a ele cabe participar efetivamente da educação e se educar junto aos filhos. 

Tarauacá-Acre, 13 de julho de 2017.

Francisca Aragão Leite 
Coordenadora 

sábado, 12 de agosto de 2017

ÓRGÃOS SE REÚNEM E ELABORAM PLANO DE COMBATE ÀS QUEIMADAS PARA TARAUACÁ


Uma importante reunião foi realizada na última quarta-feira, 9, no Centro de Educação Permanente de Tarauacá, para reforçar a campanha de combate às queimadas dentro das salas de aula. Estiveram presentes Equipes do Núcleo Estadual de Educação, gestoras das escolas, professores de áreas ligadas ao meio ambiente, Corpo de Bombeiros e demais órgãos responsáveis pela área do meio ambiente.


Do encontro, nasceu a ideia da elaboração de um Plano de Combate às Queimadas para ser desenvolvido no âmbito do município, com objetivo de integrar integrar o poder público, diretores de escolas, equipes pedagógicas professores de Ciências da Natureza e Geografia, além de órgãos responsáveis por essa problemática.


As queimadas são motivo de preocupação durante esse período de estiagem, principalmente quando são feitas de forma desordenadas prejudicam o solo, as florestas, as nascentes e os animais. Quando fogem do controle, causam prejuízos imensuráveis, prejudicando a nossa saúde, provocando doenças respiratórias em idosos e crianças.

Além das queimadas provocadas no meio rural, atualmente, temos visto um grande número de em áreas urbanas, a população urbana tem produzido grande quantidade de lixo, muitos desses tóxicos não recebem uma destinação adequada, de forma que grande parte desses lixos são jogados em lugares públicos e terrenos baldios, rios, cor regos e igarapé, causando enormes problemas. Por causa do grande acúmulo de lixo, muitas vezes, as queimadas urbanas são inevitáveis e consequentemente causam problemas ambientais e atingindo a saúde pública.



PLANO DE COMBATE ÀS QUEIMADAS

OBJETIVOS:

Informar ao público alvo sobre os riscos e prejuízos advindos do uso inadequado do fogo;
Formar e capacitar brigadista para atuar na prevenção e combate a incêndios e no controle de queimadas:
Minimizar os danos materiais, ambientais e humanos causados pelos incêndios.

PÚBLICO ALVO:

Gestores públicos;
Agricultores; 
Comunidade escolar;
( professor/aluno);
População em geral;
Brigadistas.

PARCEIROS: 

IMAC;
IFAC;
Corpo de bombeiros;
Defesa Civil;
Sec. Meio Ambiente;
Seaprof;
Polícia Militar.
Redes de Ensino Estadual e Municipal

AÇÕES:

Capacitar brigadas civis no município para prevenção a incêndio florestal;
Realiza campanha educativa de prevenção ao fogo;
Mobilizar e conscientizar o povo em geral sobre os riscos que o fogo pode causar;
Realizar visitas de sensibilização e orientação nas comunidades rurais;
Fazer levantamento de dados de saúde referente as infecções respiratórias agudas.
Confecções de materiais didáticos informativos;
Oferecer cursos que promovam o preparo dos brigadistas para prevenção e combate aos incêndios florestais e urbanas.
Realizar audiências públicas envolvendo a temática em questão.
Criar mecanismos capazes de promover o envolvimento da sociedade em geral;
Distribuição de Panfletos;
Operação Integrada;

DATA DA EXECUÇÃO:

De agosto a outubro;

METODOLOGIA:

Campanha educativa de prevenção ao fogo;
Vídeo informativo; 
Visitas de sensibilização e orientação nos bairros; 
Formação que prepare os brigadistas no combate a incêndio;
Elaboração de faixas, cartazes, panfletos, peças teatrais, paródia, etc. de conscientização nos bairros e comunidades;
Palestras, visitas nas comunidades rurais;
Realização de palestras e atividades lúdicas;
Divulgação nas rádios e redes sociais;
Realização de seminários;
Distribuição de material didático e informativo (panfleto, folder, cartazes
Caminhada no bairro de cada escola

RESPONSÁVEIS PELA AÇÃO:

Bombeiros;
Bombeiros mirins;
Defesa civil;
Gestores;
Alunos;
IFAC;
IMAC;
Rádio AM.
Escolas
Professores das disciplinas de ciências da natureza e Geografia
Rádio FM;
Núcleo de educação.
Corpo de Bombeiros/Coord. De Ensino Rural
Equipe Gestora e Professores, alunos e instituições envolvidas;

LOCAIS: 

IFAC;
Escolas;
Bairros;
Área Rural;

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

TARAUACÁ: REALIZADA AULA INAUGURAL DO MÉDIOTEC

Aula Inaugural do Médio Tec (foto: Vitório Silva/Assecomtk)
Foi realizada em Tarauacá na tarde desta quinta feira, a aula Inaugural  do MédioTec, uma ação do Pronatec/Bolsa-Formação, que visa a ofertas de cursos técnicos concomitantes ao ensino médio para alunos regularmente matriculados nas redes públicas. 

O evento, que aconteceu no auditório do Sinteac, contou com a presença da Professora Rita Paro Presidente do Instituto Dom Moacy, Professora Francisca Aragão, Coordenadora do Núcleo Estadual de Educação, Prefeita Marilete Vitorino, Coordenadora do IDM em Tarauacá Maria Bento, Vereadores e Estudantes. 

Em Tarauacá foram selecionados 150 estudantes que cursam o ensino médio e que agora têm a oportunidade de fazer um curso técnico.

A Diretora do Instituto Dom Moacy, professora Rita Paro, destacou, ”aqui em Tarauacá vocês estão tendo a oportunidade de enveredar o caminho para o bem e para um futuro promissor. Mas é preciso ter coragem e força para não retroceder. Vejam que agora ou você segue ou entra num mundo verdadeiramente sem volta que o caminho das drogas".

Professora Francisca Aragão agradeceu mais esse investimento na educação dos município destinado essencialmente aos jovens. "Caros jovens aproveitem essas oportunidades que se apresentam na vida de vocês através da educação que é o melhor caminho a se seguir para que possamos garantir um bom futuro pra todos", disse a coordenadora.

Para a Prefeita Marilete os cursos, além da formação intelectual, preparam os jovens para o mercado de Trabalho. Os cursos que agora vão ser oferecidos são curso de excelência. Vocês que valorizarem, realmente, vão sair do curso, preparados para o mercado de trabalho. Às vezes a gente precisa de uma pessoa preparada, qualificada e não encontra. Com certeza o Instituto Dom Moacyr, através desses cursos técnicos, vão preparar vocês como preparou outros jovens em outras áreas e agora é a vez de aproveitarem", destacou.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

NÚCLEO REALIZA II FORMAÇÃO CONTINUADA PARA GESTORES E COORDENADORES


Núcleo Estadual de Educação em Tarauacá, realizou nos dias 08 e 09 de agosto de 2017, a II Formação Continuada para Gestores, Coordenadores de Ensino e Pedagógicos da Rede Estadual. 

A formação teve como objetivos:

- Refletir sobre as ações realizadas na escola e suas implicações para o planejamento pedagógico, identificando o que pode contribuir para redirecioná-las, considerando as necessidades de aprendizagem dos alunos e o aprimoramento dos professores; 

- Fortalecer a relação entre a gestão da escola com a gestão de sala de aula e aprendizagem dos alunos, compreendendo o planejamento, a observação em sala e devolutivas como modalidades privilegiadas de formação em serviço; 

- Articular e consolidar as ações da equipe escolar, fortalecendo o trabalho do gestor, coordenador de ensino, coordenadores pedagógicos e professores, de maneira que se organizem pedagogicamente como unidade escolar.





Inscrições para exame que dá certificação do ensino fundamental e médio estão abertas


Estão abertas em todo o país as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O teste é a prova que substituirá o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) na função de certificação para o ensino fundamental e médio.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja até o dia 18 de agosto.

Podem se inscrever jovens e adultos residentes no Brasil ou no exterior que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em idade própria e desejam obter a certificação.

“Qualquer pessoa pode se inscrever. O único pré-requisito é a idade”, explica Fernanda Nóbrega, coordenadora do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

Os interessados precisam ter no mínimo 15 anos completos para a prova do ensino fundamental, enquanto para a prova do ensino médio a idade mínima é de 18 anos. O exame é gratuito.

No ato da inscrição, o estudante deve informar o CPF e o número da cédula de identidade.

As provas 

As provas serão realizadas no dia 22 de outubro, em 564 locais, distribuídos em todos os estados da federação. 

No Acre, os testes serão aplicados em quatro cidades: Brasileia, Rio Branco, Feijó e Cruzeiro do Sul.

Material de estudo 

Para os candidatos interessados em se aprimorar para a prova, a SEE disponibilizou material de estudo contendo assuntos em todas as áreas do conhecimento.

Para ter acesso aos livros é só acessar o link da instituição no endereço: http://see.ac.gov.br/portal/index.php/noticias-em-geral/34-slideshow/692-divulgado-o-edital-para-o-encceja-2017.

Educação abre processo de certificação para gestores de escola

A Secretaria de Estadual de Educação publicou na segunda-feira, 7, o edital para os servidores que desejam adquirir certificação para função de diretor de unidades escolares. Hoje, para participar do processo eleitoral de direção escolar, é necessário que o servidor participe de um processo de certificação e exame final.

Certificação em datas anteriores; processo é necessário para tornar-se gestor (Foto: Stalin Melo/Asscom SEE)
O processo de certificação visa a formação de um banco de reserva para atender Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Porto Valter, Santa Rosa, Capixaba, Epitaciolândia, Assis Brasil, Rodrigues Alves e Acrelândia. As inscrições vão de 21 a 31 de agosto no site lotus.see.ac.gov.br/procedi.

Podem se inscrever no processo, os professores que estejam, há pelo menos três anos, no exercício efetivo da função e servidores de apoio com formação superior em Administração Pública, Administração Escolar ou Processos Escolares.

Segundo o coordenador da Escola de Gestores, Francisco Weyder Oliveira, em 2015 já houve uma certificação para os diretores que entraram em 2016 e que deixam o cargo em 2020. Em 2016, houve um segundo processo de certificação, atendendo ao parecer da Procuradoria Geral do Estado Nº 240/2011.

“Esta terceira certificação ocorrerá porque algumas cidades não dispõem mais de banco de funcionários certificados para ocupar a direção das unidades de ensino, como prescreve a Lei de Gestão Democrática, Lei 3.141/16, em detrimento, principalmente, de alguns diretores terem aposentado, passando para o quadro de inativos”, informa Oliveira.

Ainda segundo o coordenador, é importante que cada candidato tenha atenção ao se inscrever no processo seletivo, já que além de escolher o município para o qual pretende compor o banco de reserva, escolhe também a zona (rural ou urbana) a que a unidade escolar de seu agrado pertence dada a impossibilidade de, uma vez concluído o processo de certificação, o servidor migrar de uma zona a outra.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

NÚCLEO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO ATRAVÉS DA COORDENAÇÃO DO PROGRAMA QUERO LER REALIZA A I FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES ALFABETIZADORES.


Realizada com sucesso a 1ª formação continuada para os professores alfabetizadores do Programa Quero do município de Tarauacá das zonas urbana e rural. Com uma carga horária de 16 horas aulas, o encontro aconteceu no CEDUP.

Os principais objetivos do encontro:  

· Assegurar aos professores alfabetizadores uma reflexão sobre a prática pedagógica, através das principais formas de intervenção que levem os alunos avançar no processo de ensino aprendizagem.

· Proporcionar conhecimento e orientação das atividades do caderno e do quadro de organização de atividade nas áreas de Linguagem e códigos, Noções Lógico-matemáticas e Estudo da Sociedade e Natureza, de modo a garantir a efetividade do ensino e aprendizagem dos alfabetizandos.